15 de mai de 2019

Deixe isso para amanhã: sobre dar um tempo para organizar os pensamentos e emoções

Found on Unsplash @Brookecagle

Existe uma frase bem popular que diz: “Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida”. Essa frase pode ser usada em tudo na nossa vida, e quer dizer apenas para você pensar antes de ter uma atitude que não poderá ser mudada depois.

Em todas as brigas que tive, eu sempre fui muito de reagir no momento e depois ficar pensando nas coisas que eu disse ou deixei de dizer. Eu me deixo levar pelo momento e acabo me arrependendo depois, e uma coisa que estou aprendendo a fazer, é organizar minhas emoções.

Nossos sentimentos e pensamentos não são organizadinhos em caixas e para acessar é só esticar o braço. Nossas emoções são um amontoado de coisas que vem e vai em picos, e a gente não consegue controlar. Podemos aguentar toneladas de estresse, e transbordar com uma coisa boba. Existem estudos que mostram que quando estamos com muita raiva, ou tristes ou outras emoções, temos a tendência a beber mais, se automedicar e comer besteiras.

Como organizar suas emoções

O primeiro de tudo é você saber o quê está sentindo e se permitir sentir. Se você está triste, chore. Se está feliz, cante e ria.

Você precisa saber identificar exatamente o que está sentindo e o que te acalma nessas horas. Não tente pular etapas nem fingir que não sente. Tudo precisa ser sentido para ser entendido. Se você não tirar um tempo para entender e saber controlar como se sente, andará sempre em círculos e repetirá sempre os mesmos padrões.

Quando estiver sentindo algo em excesso, se pergunte “ porque estou sentindo isso, o que me fez sentir isso e como posso mudar?” , e assim, quando se sentir da mesma forma, você poderá saber como agir.
Se conhecer é a chave de tudo.

Não dê tanta importância

Sério, muita briga pode ser evitada se você não der tanto ibope. Tudo vai ser do tamanho da importância que você dá, e se você decidir que aquilo não vale, verá como poderá ficar mais em paz.

Não dê tanto poder para outra pessoa. Ignore o que foi dito e feito e se o comportamento persistir, ai você toma uma decisão. Pois não se impor só abre brecha para mais problemas.
Found on Unsplash @Krisroller
Desligue-se

Tire um tempo para você, faça atividades que você gosta. Fique um tempo só. Leia e escreva. Só não brigue por pouca coisa. Toda energia que você usaria em brigas que só levariam ao caminho da magoa, pode ser usado em algo bem mais interessante para você. Se depois de fazer uma pausa, você ainda sentir a necessidade de brigar pela coisa que te irritou, converse com a pessoa em questão e mostre como isso te magoa, pensar antes de falar é muito importante para evitar dizer coisas que você não quer de verdade.

Tudo que você joga no universo, volta pra você. Você realmente quer atrair briga pra sua vida?

Saiba qual batalha valha a pena lutar e qual é melhor tirar o time de campo. 
Depois que eu passei a tentar entender minhas emoções, consigo lidar melhor com as situações que me estressam e ter uma resposta melhor. Ser passiva nem sempre é uma fraqueza, você só precisa conhecer seus limites.

Como dizia a banda Supercombo: “Porque eu prefiro ter paz do que ter razão”.

E você, costuma ter uma inteligência emocional mais aflorada para lidar com brigas e evita-las, ou deixa-se levar pelo momento?
Beijos

7 comentários:

  1. Eu preciso aprender a dar menos importância para algumas coisas viu, porque acabo me estressando demais a toa. xD

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  2. Nossa eu sou uma pessoa tão da paz, acho brigas um desperdiço de tempo. Gosto de paz e prefiro uma conversa. E sempre me permito parar e colocar as coisas no lugar.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  3. Amei muuuito seu post, muita coisa acontece porque revidamos de cabeça quente e não processamos sobre o que está acontecendo, além de dar muita importância para coisas pequenas. Acho que quando a gente vai se conhecendo e amadurecendo, tudo isso vai mudando!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, Tay.
    Eu estou tentando me controlar e escolher minhas "brigas" hehe. Recentemente eu fiquei orgulhosa de mim depois que consegui parar uma discussão que em outras épocas iria longe lá no meu serviço. Mas então pensei não vai levar a lugar algum e pode ser que uma amizade termine por besteira e consegui deixar para lá.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Eu sou uma pessoa que tenta estar sempre o mais calma possível, mesmo de modo a evitar brigas e stress. Gostei muito de ler esta publicação, Tay! 😊

    ResponderExcluir
  6. i Tay!
    Nossa! Esse texto é realmente o que to fazendo agora!
    Eu to trabalhando a minha mente para ficar menos chateada com algumas coisas, tentando preencher os pensamentos ruins com outras coisas e atividades... é DIFÍCIL, mas a gente vai conseguindo, aos poucos... Mas é uma luta diária e o importante é buscar a nossa paz e buscar ser sempre feliz, né??
    Adorei as dicas... Vou tentar trabalhar mais a minha inteligencia emocional :o
    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  7. Você falou do tema com muita propriedade. Pensar antes de agir ou de dizer qualquer coisa é fundamental.
    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir

DEARLY TAY
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL