16 de mai. de 2019

Episódios que você deveria assistir

ESSA POSTAGEM CONTÉM SPOILER

As séries já passaram do tempo de ser apenas entretenimento, para serem meios de informar e conscientizar. Em cada episódio, podemos aprender algo, parar para pensar sobre algo que não sabíamos e podemos sentir aquela conexão.

Eu separei dois episódios com assuntos importantes a serem discutidos e que todo mundo deveria assistir (eu queria colocar outros episódios, só que ficaria muito extenso para uma postagem só), então sem mais delongas, vamos ver?


Grey's Anatomy 15X19 Silent All These Years

No Brasil, a cada 24 horas 12 mulheres são estupradas. Em 2018, foram 4.543 casos no estado do Rio de Janeiro. Em 70% dos casos, as vítimas tinham até 17 anos. [Leia mais aqui]

Esses foram dados somente do Rio de Janeiro no ano passado, esse ano o que mais vi nas manchetes e nas mídias sociais foram casos de estupro e violência contra a mulher. Ser mulher no Brasil hoje é uma prova de resistência.

Na série médica, Grey's Anatomy, foi abordado o tema abuso sexual. Uma paciente(Abby) chegou bastante machucada no hospital, só que como acontece em muitos casos, ela não queria falar sobre o abuso. Só que o caso dela precisava de uma cirurgia, e se fosse feita, perderia todas as evidências do abuso e as médicas Jo e Teddy conversaram com a paciente sobre fazer o kit caso ela quisesse fazer a queixa mais tarde.


A série abordou o tema relacionando com a recém descoberta da Jo (que descobriu ser fruto de um estupro) e da Miranda conversando com o Tuck sobre consentimento no relacionamento. A série ficou bastante na parte da montagem do kit e mostrando que para cada procedimento a mulher precisa dizer sim para poder continuar.

O episódio é completamente poderoso, eu não lembrava de ter chorando tanto com episódios recentes da série como chorei nesse. Em certo momento da série, a Abby fica com medo de fazer a cirurgia pois cada vez que ela fecha os olhos, ela vê seu abusador. Assim como se ela olhar para um homem. Então, no caminho para a cirurgia, ela encontra um corredor só com mulheres para ela se lembrar daquilo na hora de fazer a cirurgia.


Foi um episódio necessário pela mensagem e por mostrar como funciona o kit estupro (precisa ser recolhido dentro de 120 horas e possui 16 etapas). Um fato sobre esse episódio é que ele foi feito somente por mulheres.

The Resident 2x20 “If Not Now, When?”



Eu não estava esperando por esse episódio, e eu simplesmente não conseguia segurar as lágrimas.

O episodio 20 tem como temas centrais a violência armada e a violência obstétrica e é sobre ela que iremos falar nessa parte.  Se você não está familiarizado com o termo, violência obstétrica é qualquer violência que desrespeita a integridade física, psicológica e autonomia da mulher na hora do parto. Comentários como ‘não grita’ ‘para de choro’, ou forçar uma mulher a ter parto Cesário, ou até mesmo o não uso de anestesia.

A taxa de mortalidade entre mães negras é maior: 275 por 100 mil nascidos vivos, do que entre mulheres brancas (43 por 100 mil nascidos); a proporção de puérperas que não tiveram acesso a anestesia é maior entre as mulheres negras, 38,2%; No parto, as mulheres negras são majoritariamente atendidas em estabelecimentos públicos, 58,9% e 46,9%.
 [link para a notícia]

Na série, temos o casal Wade e Lea que estão na emergência, quando o  Dr. Feldman e o Devon percebem uma alteração no ritmo cardíaco do bebê, eles decidem que será preciso uma cesária de emergência com o Dr. Stewart. Logo de cara percebemos que ele é um daqueles médicos, já que ele pergunta para o Devon a quanto tempo ele está no pais (Devon tem descendência indiana). Após a cirurgia ele diz que vai passar no quarto da Lea e tudo ok até ai.


A questão é, tem sangue na bolsa na Lea, ela está sentindo muito dor e não tem médico ou enfermeira indo olhar o problema, afinal, elas estão ocupadas fazendo sala para pacientes que estão recebendo alta (pasmem). Após Devon pedir exames com urgências para Lea e perceber que ninguém os fez, ele percebeu o porquê. A cor da pele dela, não a fazia importante para os médicos.

Após seis horas sofrendo, eles descobrem que Lea está com hemorragia e a Dr. Mina e o AJ precisam fazer a cirurgia às presas, mas Lea não resiste.

Então Devon confronta Dr. Stewart e pergunta: "Pergunte a si mesmo que isso teria acontecido se Lea não fosse negra?" e ele responde que ali não é o lugar para falar sobre isso, então Devon continua,  "Se não agora, quando?"

E eu achei completamente emocionante o Devon e o Aj consolando o Wade, enquanto a Mina chora ao fundo. O lado bom desse episódio foi Dr. Bell fez algo certo e criou novas políticas para isso não voltar a acontecer.

O episódio foi inspirado na Kira Dixon Johnson. Mulher negra que morreu de choque hemorrágico após ficar cerca de seis horas sangrando após a cesariana. 



O ministério da saúde brasileiro quer que o termo violência obstétrica seja extinto, já que eles alegam que ninguém na área da saúde se forma para machucar alguém.

Ambos os episódios possuem temas atuais e que precisam ser falados abertamente. E só porque não acontece com você, não significa que não seja real ou que você não possa lutar contra. Todo mundo merece ter acesso de qualidade e ser tratado igualmente nos hospitais.

E você, assistiu algum dos episódios?
Beijos

Imagens [1][2] [3]

23 comentários:

  1. obrigada pelo comentário <3
    por acaso nunca vi :D

    www.pinkie-love.com

    ResponderExcluir
  2. Impactantes! São temas bem importantes.

    Queria muito ver greys anatomy, mas são taaantaas temporadas. Acho que não dou conta.

    https://naoseavexe.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Que episódios! É sempre bom falar disso. Vou procurar pra ver.

    Ótimo post!
    >>> https://blogjulianarabelo.blog/

    ResponderExcluir
  4. Greys anatomy é uma série maravilhosa, amo!

    Beijos,
    www.thalitamaia.com

    ResponderExcluir
  5. Eu não assisto Tv e não sei o que se passa em termos de séries mas ao ler o seu post não fazia a menor ideia de que as mulheres negras sofrem muito mais num país assim desenvolvido como a América!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
  6. Não assisto essas séries ainda, mas grey's anatomy está na minha lista.

    Abraço e ótima semana
    http://mylife-rapha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, Tay.
    Eu não assisto a nenhum adas séries, mas fiquei muito interessada depois da sua indicação Amei esse primeiro só ter mulheres. Quanto ao segundo eu nem conhecia o termo e infelizmente o racismo ainda é muito forte no mundo e as pessoas, geralmente as racistas insistem em dizer que não existe mais.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  8. que lindo parece tudo eu sinceramente nunca vi a serie mais parece otimo entao claro que sim verei no futuro.

    -GEEKY FREAKY.

    ResponderExcluir
  9. Nossa que lindo parece, eu sinceramente nao tinha visto antes mais no futuro verei.
    BEIJOS.

    -GEEKY FREAKY.

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Eu adorei as indicações, o primeiro só de ler me deixou emocionada. Eu to maratonando Grey's pra colocar em dia, e acabei passando por um epi lá do início da série sobre estupro também, mas esse é bem mais poderoso.
    Preciso começar The Resident tb

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  11. Eu ainda estou assistindo a série e não cheguei nesse Ep confesso que cliquei pular quando vi SPOILER! :p

    Beijão

    ResponderExcluir
  12. São temas importantes e devem ser discutidos. É bom que as séries falem sobre assuntos tão atuais.
    Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  13. mt gente fala bem dessas series, gostei de saber desses episodios que abordam temas importantes

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  14. Que bacana esse post!!
    Eu não acompanho esses seriados, mas acho que dá pra assistir e entender tranquilamente esses episódios que tratam de assuntos importantes.
    Gostei!

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu não assisto a segunda séria, mas em Greys Anatomy eu chorei DEMAIS com este episódio, chorei mesmo pqp a Jo ficou completamente destruída coitada!
    E preciso dizer que o maior medo da minha vida (real) é sofrer violencia obstétrica, eu li relatos de enfermeiras dizendo "na hora de dar não gritava tanto assim" que caramba só de escrever este comentário, meu olho encheu de água!

    Um beijo,
    Blog da Kitbox

    ResponderExcluir
  16. Eu me arrepiei com o episódio de GA. Você viu coisas que não reparei. Parabéns por abordar esses temas.
    Bom fim de semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  17. Eu ainda não assisti nenhum desses seriados mas esses episódios possuem cenas bem fortes e retratam bem a realidade. Gostei muito do jeito que você abordou do tema, me bastante à atenção.

    https://itslizzie.space/

    ResponderExcluir
  18. adorei as dicas, ainda não cheguei a nenhum

    beijo
    Adoletas

    ResponderExcluir
  19. Belo episódios rsrs
    Adorei seu post.
    Meu blog: Hiper Cap Abc

    ResponderExcluir
  20. Oi
    no momento não acompanho nenhuma dessas séries, mas preciso assistir residente que parece ser bem interessante.
    O seu blog tá lindo.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Nossa!
    Que episodios e temas fortes! E tão atuais, não é verdade?
    Não sigo nenhuma das ´series, mas sem dúvidas são episodios que alertam a sociedade
    gostei das dicas
    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  22. Que postagem mais legal e criativa! Pulei alguns por causa dos spoilers, mas amei a proposta.
    Beijos!


    Borboletra

    Grupo de blogueiros no Whatsapp

    ResponderExcluir

DEARLY TAY
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL