3 de jun. de 2019

Primeiras impressões de Shrill

Todas as minhas séries estão sendo finalizadas e enquanto aguardo a volta da temporada ou sofro pelo cancelamento (RIP The Passenger), eu aproveito para assistir novas séries. Shrill caiu do nada e já pelo primeiro episódio me conquistou e decidi falar sobre ela aqui.

Shrill é uma série de comédia adaptada do livro Shrill: Notes from a Loud Woman da Lindy West e começou a ser exibida na Hulu no dia 15 de março e já foi confirmada uma segunda temporada.

Shrill segue Annie Easton (Aidy Bryant), ela é gorda e quer fazer mudança na sua vida, mas não no seu corpo. Ela possui uma melhor amiga lésbica, a Fran (Lolly Adefope) [a Lolly está na série Ghosts que estou assistindo e quero muito falar ainda aqui no blog]. Annie é jornalista e seu chefe não a leva tão a sério, pelo menos ela tem o Amadi para suavizar o ambiente de trabalho. Nossa protagonista tem um casinho com um embuste e isso me deixou furiosa no primeiro episódio.

EW

No começo do episódio, Annie ainda não tem aquela voz. Ela não consegue dizer o quê quer ao chefe, tem um episódio onde uma mulher  que é preparadora física que fica dizendo o quanto ela precisa de ajuda e em como ela é uma pessoa pequena tomada pela gordura e que com a ajuda dela, pode ser quem ela é por dentro. Annie leva no bom humor, mas ela devia mandar a mulher tomar em certos lugares. Logo depois somos apresentados ao Ryan, ele é um caso casual da Annie e a problemática desse caso é: ele só quer fazer sexo sem proteção e a Annie aceita isso por ser algo que ele quer, e também, ele a faz sair pela porta dos fundos da casa caso os amigos dele estejam na sala. No médio disso, ela descobre que está grávida, pois não sabia que a pílula do dia seguinte não funciona para mulheres acima de 80 quilos e o atendente da farmácia não a avisa sobre isso todas as vezes que ela comprou com ele.

A série pegou assuntos relevantes a serem debatidos e fez funcionar (tudo com base no piloto, ta?!). A série é divertida e não fica aquela coisa pesada de deixar a questão do peso ser o tema central como seria abordado em outras produções. A trilha sonora é ótima e a Aidy é a peça chave da série, tudo nela grita autenticidade.

PortlandMercury

A primeira temporada possui 6 episódios com cerca de 30 minutos cada. Vale super a pena assistir, só que eu acho 30 minutos muito pouco para essa série, deviam ser duas horas de episódio haha.

Se você está procurando uma série sobre pessoas que parecem normais e tem dilemas como todo mundo, essa é uma ótima dica.

E você, já conhecia a série?
beijos

21 comentários:

  1. Tay, não conhecia a série não, mas me pareceu bem interessante, justamente por trazer temas que vivenciamos no dia a dia.
    Vou dar um chance a ela!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  2. Ainda não conhecia essa série e estava buscando uma nova para assistir, já coloquei essa na minha lista!

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Tay!

    Adorei a dica, não conhecia esta série! Parece muito boa...

    Abraços, Cris

    ResponderExcluir
  4. Nunca tinha ouvido falar dessa série, mas fiquei muito curiosa! Quero assistir, até salvei aqui! Mas já sinto que vou ficar com dó de acabar os episódios, porque são muito poucos! Hahaha
    Beijos!

    Fe
    www.femrgd.com

    ResponderExcluir
  5. Já adorei. Primeira vez que ouço falar da série mas já quero assistir. Obrigado pela dica.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  6. Ótimo post.

    wwww.paginasempreto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Nunca ouvi falar, mas se as pessoas parecem normais mais nós nos identificamos com os personagens e com a história!!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
  8. Nunca tinha ouvido falar dessa série, mas achei bem interessante!

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  9. Oi, Tay, eu não conhecia essa série e adorei o seu post sobre ela. Já vou anotar na minha listinha. Aliás, a Hulu anda lançando séries incríveis!

    Beijo
    http://www.leiapop.com/

    ResponderExcluir
  10. não conhecia essa série, achei bem bacaninha!
    bjs www.diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  11. ainda nao conhecia a serie, mas achei bem bacana e fiquei querendo assistir sim

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  12. Caramba eu não tinha ideia que a pilula do dia seguinte não funciona para mulheres acima de 80 kilos! Vou dar uma chance pra a série, parece incrível!

    Um beijo,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir
  13. Confesso que séries de comédia não são minhas preferidas, porééém adorooo histórias sobre pessoas que parecem normais e tem dilemas como todo mundo hehe.
    Então talvez eu goste!!
    Boa dica :)

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Infelizmente não conhecia a série ainda, mas ela parece ser muito divertida.

    Ótimo post!
    Blog da Juh
    Instagram @julianasrabelo
    Facebook

    ResponderExcluir
  15. Acho que não é uma série que eu assistiria, mas gostei de ler sobre. Você deve proporcionar ótimas conversas.

    ResponderExcluir
  16. Não sabia dessa série, parece ser ótima
    www.achatadebatom.com

    ResponderExcluir
  17. Olá Tay, não conhecia essa série ainda, mas pela sua resenha achei super legal e já quero ver ^^

    bjs

    Ariadne ♥
    De volta ao retrô | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  18. Interessante a série. Não conhecia ainda.
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  19. Olá, Tay.
    Eu não conhecia essa série, mas já me interessei em assistir. Adorei a protagonista não ter o padrão de beleza estabelecido pela sociedade.

    Prefácio

    ResponderExcluir

DEARLY TAY
LAYOUT POR LUSA AGÊNCIA DIGITAL