7 de jan. de 2022

Criar uma Loja: Como enviar as compras online

5 de jan. de 2022

Resenha: Sinceridade - Letícia Pusti

3 de jan. de 2022

Qual seu livro favorito para ler nas férias?

1 de jan. de 2022

Novo Ano, Pequenas Metas & Alguns Desejos

31 de dez. de 2021

Livros Lidos em Dezembro

20 de dez. de 2021

Balanço geral do meu desafio literário

15 de dez. de 2021

As coisas que perdemos para a tecnologia

13 de dez. de 2021

Resenha: As Nove Vidas de Rose Napolitano – Donna Freitas

10 de dez. de 2021

Você tem lembranças para recordar hoje




Todos os dias o Facebook faz questão de me mandar uma notificação sobre todas as postagens já feitas por mim naquele dia em outros anos, e toda vez eu faço questão de entrar na página e ler cada post.


Criei o meu perfil em 2010, no mesmo ano que o blog foi criado e a minha versão de 14 anos é uma coisa em que não me enxergo mais.


Eu costumava postar trechos das músicas que mais gostava, recortes dos meus dias na escola, pequenas notas sobre coisas corriqueiras que hoje não fazem o mínimo sentindo pra mim. Em muitas publicações, parabenizo pessoas que nem sei quem são e que nem estão mais na minha rede de amigos, elogio pessoas pelas coisas mais bobas de todas e deposito todos os meus pequenos sonhos que queria na época como escrever um livro e mudar para São Paulo.


Me perdi esses dias em um devaneio após rolar por todas as publicações e me perguntei em qual ponto  mudei tanto para não me reconhecer mais. Não consigo enxergar o momento que deixei alguns sonhos e desejos de lado e gerei outros novos. E a vida é realmente engraçada, pois damos muita importância para algumas coisas que daqui alguns anos nem lembraremos mais.


Passei por tantas mudanças físicas quanto comportamentais, e ter isso registrado é um tanto estranho quanto reconfortante. Esse registro digital me faz lembrar de cada dor que senti, de cada pessoa que amei, de cada medo que eu tive e que hoje vejo que eram menores que eu. Amei lembrar das músicas que  tanto escutava e em como até hoje consigo lembrar de todas as letras. Vi fotos com amigos que não converso mais, e senti saudade de falar com eles para pelo menos ver como estão, vi pessoas que perdi e o momento em que conheci outras.


Eu sei que daqui um tempo, essa pessoa que sou agora não irá existir. Vou ter outra música favorita, vou ter assistindo um filme que vai mudar minha visão, vou ter viajado para algum lugar que vai dar um novo sentindo pra minha vida e está tudo bem. Eu quero todas as mudanças possíveis, mas quero que adquirir a sabedoria de aprender com cada mudança e fazer serem positivas, mesmo quando as mudanças me tirarem da minha zona de conforto e machucar meus ossos.


Quero sempre mudar e conhecer uma versão melhor minha, mas não quero nunca esquecer quem eu já fui. Quero poder me lembrar de cada detalhe e continuar aprendendo com o passado para ter um presente melhor.


E sobre todas as coisas que o Facebook podia nos conectar, eu nunca imaginei que ele me conectaria com quem fui no passado.


Você costuma se perder nas memórias do passado ou prefere sempre pensar no presente?

Beijos

8 de dez. de 2021

Dica de Série: Chucky

3 de dez. de 2021

Matching looks with Popopieshop

Hello friend!
Eu sou a Tay Ribeiro, tenho 25 anos e moro no interior do Goiás. Viciada em vídeos de gatos fofos e em fazer listas. Aqui você encontra todas as coisas que eu mais gosto no mundo. more

Instagram

Dearly Tay / Theme by BD.