Desastre Natural

Found on

Eu descobri recentemente a diferença entre desastre natural e evento natural. O segundo é quando não há vítimas humanas, o primeiro é quando afeta propriedades e tem vítimas. Ao descobrir isso, percebi que você foi meu desastre natural particular.

 

Você foi a combinação de todos os desastres naturais personificados em uma pessoa. Você trouxe sua inundação e me puxou para o fundo. Quando finalmente peguei um pouco de ar, seu furacão me levou aos céus junto com o vento para me ver despencar.

 

Seu desabamento me enterrou em lamas e galhos, e senti cada ferida sendo aberta pelo meu corpo.

 

Você incendiou cada célula do meu corpo, e me fez acreditar que eu tinha uma escolha, mas estava sob seu feitiço. Você incendiou cada palavra que eu quis dizer, cada fuga que eu arquitetei e toda a esperança de sair disso inteira. Quase todo desastre natural é visto por quem viveu aquilo ou por quem acompanhou na tv, mas dessa vez, só existe eu de testemunha e você gosta de lembrar que não sou uma testemunha confiável.

 

Você disse que minha dor era manipulável, que minha vulnerabilidade era performada e que meus sentimentos eram fruto da minha ilusão. E eu acreditei em casa palavra que saiu da sua boca.

 

Quando seu desabamento me enterrou na esperança que aquele fosse meu fim, você nunca pode imaginar que na verdade estava me plantando pra eu florescer numa versão que você numa poderia tocar.

19 comentários

  1. Oh, such strong prose written so beautifully. Here's to strength and your potential. All the best to your creativity and what you learn everyday.

    ResponderExcluir
  2. Wow! Just Wow! Your voice is strong. I love that you wrote about the "nature" of this.

    ResponderExcluir
  3. Great piece! So glad you shared this with us. All the best to your writing.

    ResponderExcluir
  4. Beautiful! I know many who can relate what you are going through.

    ResponderExcluir
  5. Bello relato te conmueve hay personas que nos destruyen y tenemos que salir adelante. Te mando un beso

    ResponderExcluir
  6. Oi Tay, tudo bem?
    Gostei muito do texto e da força que o final dele traz. Parabéns!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  7. This is deep! Thanks for sharing!

    ResponderExcluir
  8. Que a vida nos afaste dos desastres....

    Isabel Sá  
    Brilhos da Moda

    ResponderExcluir
  9. To toda arrepiada.
    Que texto!! Eu adorei a comparação com desastre natural.
    Beijos!
    Pam Lepletier

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Adorei o texto e como as alegorias se encaixaram super bem, além de terem aumentado a profundidade do texto!

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Caramba!!
    Que texto incrível.
    Muitooo bom!

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá, Tay.
    Eu não sabia a diferença até agora hehe. E ainda bem que nunca passei por isso. Mas ainda bem que no final deu tudo certo. Adorei seu texto.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  13. Olá Tay,
    Acredite amiga, a gente sobrevive aos desastres e ganha força para nos tornarmos seres humanos melhores e não cair mais nessas roubadas. Parabéns pelo texto.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  14. This is beautiful and so deep! Love it!

    www.fashionradi.com

    ResponderExcluir
  15. Lovely writing! Translated it into English which is such a shame that I can't enjoy it in your language!

    ResponderExcluir
  16. Que texto tocante e que nos ensina tanto.

    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  17. Que texto maravilhoso e incrível

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir
  18. Oi Tay,

    Muito bom o texto. Mesmo eu não tendo passado por isso, acho que é uma lição que a gente carrega para a vida toda.

    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  19. Que texto incrível, realmente algumas pessoas passam nas nossas vidas como um desastre, arranca todas as nossas raízes e o recomeço não é fácil, mas sobrevivemos, isso que importa, abraços!

    mulhernovaera.com.br

    ResponderExcluir

Hello friend!
Eu sou a Tay Ribeiro, tenho 24 anos e moro no interior do Goiás. Viciada em vídeos de gatos fofos e em fazer listas. Aqui você encontra todas as coisas que eu mais gosto no mundo. more

Instagram

Dearly Tay / Theme by BD.