Livros Lidos em Junho

Hey gente, tudo bem com vocês?


Junho chegou trazendo muito frio, inseguranças e um serial killer aqui pelas redondezas (era longe daqui de onde moro, mas mesmo assim, deixei as janelas fechadas) e também trouxe  a primeira dose da vacina para a minha mãe.


Eu me senti mais lenta nessa mês e passei boa parte do tempo pensando em ficar só deitada e repensar nas minhas escolhas de vida, mas depois de um período de reflexão eu me senti melhor e me cerquei das coisas que mais gosto para me animar (Taylor Swift, chocolate e comédias românticas) e ficou tudo bem. Antes disso, eu estava também bem desanimada com o blog, mas recebi um mensagem pro dm de alguém dizendo que o blog havia ajudado a tomar e entender uma decisão e isso me animou muito.


Agora falando de livros, esse mês eu não pensei muito para decidir o que ler. Geralmente me baseava em algo que vi e pegava o livro. Vamos ver quais foram as leituras?



De Volta aos Quinze (Meu Primeiro Blog # 1) - Bruna Vieira

 

Anita tem 30 anos, e sua vida é muito diferente do que ela sonhou para si. Um dia, ao reencontrar seu primeiro blog, escrito quando tinha 15 anos, algo inusitado acontece, e tudo ao seu redor se transforma de repente. Com cabeça de adulto e corpo de adolescente, ela se vê novamente vivendo as aventuras de uma das épocas mais intensas da vida de qualquer pessoa: o ensino médio. Ao procurar modificar acontecimentos, ela começa a perceber que as consequências de suas atitudes nem sempre são como ela imagina, o que pode ser bem complicado. Em meio a amores impossíveis, amizades desfeitas e atritos familiares, Anita tentará escrever seu próprio final feliz em uma página misteriosa na internet.

 

De Volta aos Sonhos (Meu Primeiro Blog # 2) - Bruna Vieira

 

Quando achava que sua vida havia por fim se resolvido, e que seu coração tinha encontrado paz e aconchego, Anita acidentalmente volta ao passado mais uma vez. As consequências das mudanças que isso provoca fazem com que ela repense suas prioridades de vida. Enquanto decide o que cursar na faculdade, arruma as malas para trabalhar em um país diferente e percebe que o cara que ama virou uma estrela em ascensão no mundo da música, Anita finalmente começa a pensar em si e nos seus sonhos. Além de buscar o controle de seu destino, ela precisará lidar com escolhas erradas e circunstâncias inevitáveis, na tentativa de desvendar, de uma vez por todas, o mistério do blog que a faz viajar no tempo.

 

 A série de livros Meu Primeiro Blog estava encalhado aqui em casa faz décadas e eu nunca tomava coragem para ler, até que a Bruna anunciou que iria virar série na Netflix e eu decidi que seria o momento ideal de ler.


Nos livros, acompanhamos Anita, uma mulher de 30 anos que acha que a vida não é como ela queria. Após voltar para a cidade natal para o casamento da irmã e acabar no meio de uma confusão, ela acaba indo ler o blog que tinha na adolescência e viaja no tempo. Em cada viagem que faz, Anita sempre acaba mudando coisas e estragando mais ainda.  A escrita é bem simples e faz com que o livro seja lido em um único dia, entretanto, acho que a construção na personagem não foi bem executada. A Anita é uma mulher de 30 anos que tem atitudes de adolescentes e acha que tudo se resume  a ela e ainda tem o fator de que tudo pra ela é muito fácil e sempre aparece alguém para solucionar o problema do momento.


Ao que parece, o livro final será lançado junto com a série e eu espero que tenha um bom desfecho e que a Anita acabe com a obsessão estranha pelo melhor amigo, eu realmente acho que el não devia fazer  a jornada dela ser sobre outra pessoa a não ser ela.



Qual Seu Número? - Karyn Bosnak


Delilah Darling tem quase 30 anos e já se relacionou com 19 rapazes. Sua vida sentimental não tem sido exatamente brilhante, pois todo cara que conhece parece fugir do relacionamento. Quando lê uma matéria no jornal em que a média de homens para uma mulher de 30 anos é de 10,5, fica desesperada e assustada por estar muito acima dela. Além de tudo, o artigo no jornal terminava falando que, se a mulher tivesse o número acima dessa média, seria impossível achar a pessoa certa. Na tentativa de não aumentar seu número e perder de vez a chance de se casar, Delilah sai à procura de seus antigos namorados e tenta reconquistá-los. Será que um deles estará disposto a esquecer o passado e começar uma linda história de amor? Qual Seu Número? revela os segredos de cada mulher e prova que, quando se trata de assuntos do coração, números são apenas uma fração de tempo.

 

Sim, tem um filme desse livro e por isso decidi ler. Eu estava numa fase de rever comedias românticas e Qual Seu Número? Estava bem no topo da lista e depois do filme foi complicado não querer ler.


Em Qual Seu Número?, conhecemos Delilah que leu num revista que a média de parceiros de uma mulher é 10,5 e ela já passou de 19. Após ‘perceber’ que talvez nunca ache alguém verdadeira por causa dos números, ela decide procurar todos os ex para ver se algum ainda merece uma segunda chance.


Ela acabou de perder o emprego, então tem tempo de sair pelo país procurando seus ex, e ela conta com a  ajuda do vizinho bonitão.


Esse livro foi um ótima escolha. Temos um mocinha cheia de vida, com humor e que nos leva numa aventura em que ela se encontra. O livro tem uma linguagem bacana, um história fechadinha e eu achei que me incomodaria o fato de tratar sobre números de parceiros sexuais de uma mulher (não sei, talvez achei que querer colocar a mulher numa posição que ela tenha que ficar só com uma pessoa a vida toda ia me fazer desistir do livro), mas isso não me incomodou pela forma que a história foi conduzida.

 

Apague a luz se for chorar - Fabiane Guimarães


Cecília não sabe muito bem o que fazer com a própria vida. Depois de mudar de Brasília para o Rio de Janeiro, a jovem ainda não conseguiu encontrar um emprego nem organizar seu futuro. João, pai solteiro de uma criança com paralisia cerebral, tenta levar a vida em Brasília como pode. Trabalha como veterinário do município durante o dia e procura formas de ganhar mais dinheiro à noite ― o objetivo é juntar quantia suficiente para bancar um tratamento experimental para o filho.

Quando os pais de Cecília morrem, ela é forçada a voltar para a pequena cidade de sua infância, onde eles ainda moravam. Mas uma dúvida começa a atormentá-la: a possibilidade de que eles foram assassinados. E João, desesperado por mais recursos, começa a se aventurar por trabalhos pouco recomendáveis.

Ao cruzar suas histórias, Fabiane Guimarães cria um suspense impactante sobre o que significa ser parte de uma família, e os limites que estamos dispostos a ultrapassar para mantê-la.

 

Eu tenho amado ler livros nacionais atuais e em como esses livros tem me ajudado  virar a chave em termos de leituras.   Apague a luz se for chorar da Fabiane Guimarães conta a história de Cecília que precisou voltar para Brasília após se mudar para o Rio de Janeiro pois seus pais morreram em Pirenópolis e de João, um pai solteiro que tem um filho com paralisia cerebral. O livro é intercalado entre os dois e vemos a Cecília suspeitando que seus pais foram assassinados, já que ambos morreram juntos de ataque cardíaco e para completar, ela descobre que tem um irmão e ele é muito suspeito.


Já João tenta lidar com o trabalho que não paga o suficiente, o filho com paralisia e a culpa.  A história de João é ele tentando arrumar dinheiro para pagar por um tratamento na China para o filho, mesmo que para conseguir esse dinheiro ele precise arrumar um ‘bico’ um tanto quanto nada ortodoxo.


Ao ler o livro, achei que a história de Cecília e João se cruzavam pro um motivo e fiquei totalmente surpresa no final.  A Fabiane fez um ótimo trabalho no livro de estreia e é uma história que quero me lembrar por muito tempo. Os personagens tem suas falhas, mas isso que os torna humanos e verdadeiros e tem temas bem interessantes no livro.

 

Depois - Stephen King


James Conklin não é uma criança comum: ele vê gente morta. Com que frequência? Jamie não sabe bem; afinal, os mortos em geral se parecem muito com os vivos. Exceto pelo fato de que eles ficam para sempre nas roupas em que morreram, e são incapazes de mentir.

Sua mãe implora para que ele mantenha essa habilidade em segredo, o que não é problema na maior parte do tempo. Pelo menos até Liz Dutton, a companheira de sua mãe e detetive do Departamento de Polícia de Nova York, aparecer na saída da escola e anunciar que precisa de ajuda.

É assim que Jamie embarca em uma corrida para desvendar o último segredo de um falecido terrorista, e começa a jornada mais assustadora de sua vida.

 

Peguei Depois pra ler após ler a resenha no Prefácio . Eu não me lembro de ter lido nenhum livro todo do Stephan King, por mais que tem umas histórias dos livros bem frescos na minha cabeça e eu nunca tinha lido nada sobre eles.


Depois conta a história de James Conklin que consegue ver gente morta e promete para sua mãe que não contará para ninguém, mas ela acaba contando para sua namorada.


A história começa  ser contada pelo ponto de vista do Jammie criança, depois passamos pela adolescência e vida adulta. Eu achei muito interessante o ‘poder’ do James, mas analisando o fato dele ser criança e conseguir ver gente morta, devo dizer que ele devia ter crescido um pouco perturbado se fosse em casos normais. A vida dele segue ‘normal’ até Liz, a ex-namorada da mãe, pedir ajuda em um caso da polícia de um assassino morto, e James constata que nem todos mortos são bons ou somem após alguns dias.


Eu gostei muito dessa leitura, ela é bem rápida e viciante e com certeza me aventurarei em outros livros do autor.


Bom, essas foram as minhas leituras de junho, fiquei bem satisfeita com as histórias que escolhi e agora estou tentando ler Um Vida Pequena, mas confesso que vi tanta resenha sobre como o livro tem partes sensíveis que estou indo bem devagar para sofrer menos.


E você, o que leu recentemente?

Beijos

19 comentários

  1. As always you find so many wonderful reads. I hope you July is going well. I love your blog! I have started The Duke & I. I do love the book starts.

    ResponderExcluir
  2. Oh, I remember What's your Number. I did like the movie. Such interesting reads. The first two books you mentioned look so interesting!

    ResponderExcluir
  3. Wow, that's so scary what is happening in your neighborhood. I hope all is well now and your mom and the vaccine went well too. Lovely post. So happy to read all these fantastic reviews!

    ResponderExcluir
  4. Personagens poderosos e sustos abundantes! A morte é sempre um fator nos romances de King e, agora que está mais velho, escreve com mais intensidade. Eu anotei qual é o seu número? Obrigado pela recomendação!

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Que demais que vai rolar adaptação dos livros da Bruna!! Não li nada dela, mas tenho vontade de ler o livro de crônicas!
    Eu vi a capa do livro e fiquei com uma baita vontade de rever Qual é o Seu Número, Chris Evans tá precisando fazer mais romcom né?

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. quer muito ler esse último
    esse mês andei 100% lenta, que não consegui finalizar nem 1 livro

    beijo
    A mina de fé

    ResponderExcluir
  7. Oi, Tay. Tudo bem?
    Várias leituras excelentes! Eu tenho lido mais não ficção ultimamente, voltado para negócios. Esse do Stephen King comecei e acabou ficando parado, mas estava amando.

    Beijos, Vanessa
    Leia Pop

    ResponderExcluir
  8. Gracias por la recomendaciones me interesante el King. Te mando un beso

    ResponderExcluir
  9. I'm glad that you spent some time reflecting on your thoughts. It looks like you had some interesting reads in June.
    xoxo
    Lovely
    www.mynameislovely.com

    ResponderExcluir
  10. These sound like interesting books! it's good the first ones will be made into a series too! :)

    Hope your week is going well :)

    Away From The Blue

    ResponderExcluir
  11. Amei tua listinha de leituras, Tay! Acredita que uma das minhas maiores inspirações no mundo dos blogs é a Bruna Vieira até hoje, e pior, acredita que até hoje não li nenhum dos livros que ela escreveu? Hahah. E também, sou super curiosa quanto a escrita do King mas até hoje não li nada dele também.

    Li "uma vida pequena" esse ano, e tentei ler o mais rápido possível pra não adiar o sofrimento, então, te desejo boa sorte, porque esse livro me doeu MUITO! Eu acho que nem tem como sofrer menos KKKK

    Amei tuas escolhas de leituraa!

    Beijos! ♥

    www.entretardes.com

    ResponderExcluir
  12. Tayane foram boas leituras no mês de Junho, são livros incríveis, gostei muito de conhecer os livros, bjs.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Você leu bastante esse mês, ultimamente também não faço listas eu estou pegando algum livro que tenho vontade de ler ou reler ou algum que consigo emprestado.
    Amei demais saber um pouquinho das suas leituras esse mês.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Que bom que voltou ao blog, as vezes é bom se dar um tempo ♥
    Ahhh os livros da Bruna Vieira, eu adoro ela!
    Eu sempre quis ler, mas também sempre tive preguiça hahahahaha, agora que vai virar série talvez eu assista, apesar da história não em chamar muita atenção.
    Muitos livros, achei bem legais :)

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Fiquei curiosa com alguns do títulos! Vou levar as sugestões!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  16. Eu adorei suas leituras! Até hoje estou para ler os livros da Bruna e nada. Mas estão na minha listinha.

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  17. Olá, Tay.
    Que bom que gostou de Depois, espero que leia outros dele e goste também hehe. Qual seu número? foi o primeiro livro que ganhei em um sorteio e gostei muito da história. E achei bem melhor que o filme hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  18. Quero muito ler Stephen King mas ainda não adquiri nenhum livro dele.
    Beijinhos
    Coisas de Feltro

    ResponderExcluir

Hello friend!
Eu sou a Tay Ribeiro, tenho 24 anos e moro no interior do Goiás. Viciada em vídeos de gatos fofos e em fazer listas. Aqui você encontra todas as coisas que eu mais gosto no mundo. more

Instagram

Dearly Tay / Theme by BD.