Resenha: Daqui Para Baixo - Jason Reynolds




Sinopse: Aos 15 anos, Will conhece intimamente a violência. Ela está à espreita no dia a dia de seu bairro, nos avisos para que não volte tarde para casa, nos sussurros dos vizinhos sobre mais uma pessoa que foi morta. Dessa vez, os sussurros são sobre seu irmão mais velho. Shawn foi assassinado na rua onde a família mora.


Contado do ponto de vista de Will, Daqui pra baixo é uma narrativa ágil que se passa em pouco mais de um minuto — o tempo que o elevador do prédio leva para chegar ao térreo. Esse é o tempo que Will tem para descobrir se vai seguir as regras de sua comunidade ou se é possível não perpetuar o ciclo de violência.

 

Você já leu algum livro e quando terminou ficou se perguntando se entendeu mesmo o que aconteceu ou sentiu a necessidade de ler tudo outra vez? Foi assim que me senti quando terminei Daqui Para Baixo.


Em Daqui Para Baixo, conhecemos Will um garoto de 15 anos que o irmão acabou de morrer. O irmão está lá deitado no chão baleado e ele escuta o choro da mãe e da namorada de Shawn, seu irmão.


Will sente a dor por perder seu irmão mais velho, mas ele sabe que existe um código de comportamento no seu bairro e agora ele precisa vingar a morte do irmão, e a arma que ele encontra na gaveta do Shawn é perfeita para o que ele precisa fazer.


Com a arma do irmão e a vingança passa pela cabeça, ele decidi ir atrás de Riggs, o cara que ele acredita que matou seu irmão, e então entra no elevador.


Dentro do elevador, a cada andar vai entrando algum conhecido dele, mas todos já morreram e estão dispostos a falar sobre o que sabem para 'instruir' Will.


                    

Esse livro foi o mais diferente que li por esses tempos, ele aborda o ciclo da violência sofrida por pessoas pretéritas da sociedade e sobre toda uma estrutura de violência que parece que nunca vai acabar. O livro tem um ritmo muito bom e suas mais de 300 páginas podem ser lidas em menos de uma hora, já que o livro é escrito em formato de prosa.


O livro mostra todo o sentimento de revolta, confusão e medo do Will, afinal até então ele sempre foi um garoto bom que se manteve no caminho certo, mas agora precisa se tornar um assassino. O livro se passa nos 67 segundos que ele passa no elevador até chegar ao térreo. As pessoas que ele encontra no elevador são sua amiga de infância, o pai, o tio, um cara que 'cuidou' do seu irmão e até seu irmão, cada um morreu de forma violenta e estão dispostos a compartilhar conhecimento com Will. Nas conversas com os fantasmas conhecidos, Will descobre fatos que ele não sabia antes sobre cada personagem, e eu amei como o Jason Reynolds conseguiu conduzir suas histórias em um livro tão rápido.


Em 67 segundos Will precisa decidir se ele levará sua vingança para frente ou não, mas o livro termina de forma que deixa o final para interpretação do leitor. E por isso eu fiquei confusa se eu tinha lido certo como disse lá no começo.


Após pensar muito sobre o final, achei até que satisfatório e eu acho que o livro é ótimo para ser trabalhado em sala de aula para instigar a leitura nos alunos. O livro trás uma linguagem simples e que fala diretamente com o público adolescente. O dilema vivido por Will, pode ajudar o leitor a pensar sobre empatia e em como o meio que vivemos influencia no nosso senso de justiça.


Daqui Para Baixo é uma leitura rápida, poderosa e necessária.

E você, já conhecia o livro?

Beijos

45 comentários

  1. hola, no conocía esta novela de nada, que interesante, voy a ver si está en mi idioma, gracias

    ResponderExcluir
  2. Ainda não conhecia o livro, mais a história atrai muito o leitor, a violência é uma coisa que vivemos constantemente, quem gosta desse gênero vai adorar o livro, bjs
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  3. Nunca tinha visto esse livro, gostei da temática da história é bem o gênero que curto ler. Já add na lista de leitura para o ano q vem.
    bjs www.diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia, mas parece muito bom mesmo. Fiquei morrendo de vontade de conferir.

    Beijo.
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  5. Oi.
    Gostei da resenha mas, pelo final ficar pela interpretação do leitor eu já não leria, eu curto livros com finais bem fechados.
    Beijos.



    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Já li uma vez um livro assim e fiquei será que li rápido e perdi alguma informação. haha
    Enfim não conhecia esse livro.
    Beijos!
    Pam Lepletier

    ResponderExcluir
  7. Sounds like a powerful emotional read that is so relatable these days...unfortunately. Thanks for the great review!

    ResponderExcluir
  8. I dunno if it would be for me. So emotionally violent. Great page turner I am sure! Wonderful review!

    ResponderExcluir
  9. So intense. That author sounds so familiar. Great review!

    ResponderExcluir
  10. Olá Tay, não conhecia o livro, mas achei a premissa bastante interessante.
    Beijos!
    https://deliriosdeumaliteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Tiene muy buena pinta. Me alegra que te haya gustado.
    Un beso.

    ResponderExcluir
  12. Nem conhecia..
    Um beijinho,
    http://myheartaintabrain.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Olá, Tay.
    Já li livros que se passam em um dia, agora em pouco mais de um minuto nunca tinha visto. Imagino que foi um desafio para o autor. Só não vou ler porque odeio livros com finais abertos hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Não tinha ouvido falar do livro e nessa premissa ele parece bem improvável né? Como que 67 segundos consegue se passar em 300 páginas, nem com os diálogos com a rapidez de Gilmore Girls que eu acho que daria conta.

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Eu não conhecia esse livro, mas juro que fiquei bem interessada. Já vou adicionar a minha lista de futuras leituras.

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  16. Gostei bastante do artigo, muito bom mesmo! Estou amando ler seus artigos e compartilhar com os amigos!


    Meu Blog: Ganhadores do Tri Legal

    ResponderExcluir
  17. Eu já tinha me interessado nesse livro e recentemente descobri que ele é contado meio em forma de versos. Não sou muito dada a esse tipo de narrativa, mas seria uma boa pra sair da zona de conforto.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  18. Eu não conhecia esse livro, mas fiquei bem curiosa com a premissa dele. E sim, eu já li alguns livros que, quando terminaram, eu fiquei pensando se tinha realmente entendido o que ele queria passar de mensagem...
    Alguns livros fazem isso com a gente, e acho bom, pois nos fazem questionadores. =)
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  19. Amei a sinopse do livro e a forma como foi escrito. Achei super interessante o autor conseguir compilar 67 segundos em mais de 300 páginas.
    Me lembrei do movimento naturalista e os livros que tendem a mostrar como o ambiente influencia o homem, seja para o mau, ou para bem. E mesmo sem ler o livro, também concordo que pode ser legal de trabalha-lo em escolas, pois esse ciclo vicioso da violência é algo muito real.
    Enfim, gostei da resenha e coloquei o livro na minha wishlist.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  20. muito legal
    esse eu não conhecia ainda, mas é sempre bom conhecer livros novos =D
    www.mundodasmulheresbrasil.com

    ResponderExcluir
  21. Ei, Tay, tudo jóia? Nossa, que livro diferentao, nunca vi nada parecido. Esses livros que deixam o final aberto para a interpretação do leitor costumam me chatear kkk. Mas que bom que você aproveitou a leitura e é isso o que importa. Beijos!



    Books House

    ResponderExcluir
  22. Oi Tay, tudo bem?
    Não, não conhecia e fiquei muito curiosa mesmo com relação ao enredo. é algo bem diferente do que costumo ler, mas me parece bem legal. Vou pesquisar o ebook dele.
    Abraços,
    AVA
    https://apenasava.com/

    ResponderExcluir
  23. Oi Tay, tudo bem?
    Eu adoreeei a resenha e a premissa desse livro. Achei realmente criativa a abordagem pro elevador e pros fantasmas se comunicarem com o protagonista. Dica anotada.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  24. Não conhecia e achei muito interessante, coloquei na minha wishlist.

    Beijos/Kisses.



    Anete Oliveira

    Blog Coisitas e Coisinhas

    Fanpage

    Instagram

    ResponderExcluir
  25. Currently reading a few books. This one sounds awesome too!

    www.fashionradi.com

    ResponderExcluir
  26. Uau, não conhecia o livro, mas parece aquele tipo de narrativa, que além de te prender, traz questionamentos para você pensar e refletir, e gosto de histórias assim.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  27. Amigaaa, ler 300 páginas em menos de uma hora???? Mesmo sendo prosa eu não consigo ler tão rápido assim, até com um livro de 100 páginas eu demoro uma semana pra ler, minha atenção é péssima. Admiro!
    E achei a história bem interessante, seria muito legal um filme. Isso do ciclo da violência é um assunto muito interessante e que dá muito 'pano pra manga'.
    Adorei a indicação :)

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Thank you so much for sharing this post. I created a Youtube channel and it would mean a lot to me if you subscribe. Thank you!

    New Post - https://www.exclusivebeautydiary.com/2020/12/elemis-gentle-rose-exfoliator.html
    YouTube - Le Parfum de Marija - https://www.youtube.com/watch?v=MBKymp0I0HU

    ResponderExcluir
  29. Wow, Really admire your ability to concentrate in reading!
    Review Wallet For Man

    ResponderExcluir
  30. Fiquei com vontade de ler, embora eu goste de leituras com um final bem trbalhado.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  31. Oi Tay,

    Não conhecia o livro, mas é bem legal e diferente a proposta do autor.
    Dica anotada!

    Bjs
    https://diarioelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  32. Oi Tay! Tudo bem?
    Menina, eu li esse livro no ano passado e fiquei totalmente arrebatada. A narrativa dele é muito interessante, né? Eu também gostei muito do final!

    Beijo!
    https://www.roendolivros.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Oi Tay,
    Conhecia o livro sim, não o li, mas já vi recomendações dizendo que são como um soco no estômago. Tenho vontade de conferir em breve!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  34. Oi, Tay. Tudo bem?
    Eu não conhecia o livro, mas fiquei super interessada na premissa dele, principalmente por ter essa pegada de final aberto a la AI Inteligência Artificial depois de todo o processo de reflexão e conversas.
    Coloquei na minha lista de 2021.

    Beijos, Vanessa
    Leia Pop

    ResponderExcluir
  35. Não conhecia este livro mais ele parece ser bastante interessante.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  36. It will soon be Christmas, I wish you happy holidays in advance.
    affordable human hair wigs

    ResponderExcluir
  37. I love stories like this that make yo wonder and you can never fully understand! Sounds like my kind of read, thank you for recommendation <3

    LackaDaisy

    ResponderExcluir
  38. Oi
    não conhecia essa história, confesso que fique instigada, ainda mais pela história se passar no tempo que o protagonista passa no elevador, parece ser diferente.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  39. Eu ainda não conhecia esse livro mas a história desse livro me parece muito interessante, até por que me lembra um drama que assisti recentemente. Achei muito interessante e amei a tua resenha miga.

    https://itslizzie.space/

    ResponderExcluir

Hello friend!
Eu sou a Tay Ribeiro, tenho 24 anos e moro no interior do Goiás. Viciada em vídeos de gatos fofos e em fazer listas. Aqui você encontra todas as coisas que eu mais gosto no mundo. more

Instagram

Dearly Tay / Theme by BD.