Resenha: Cachorro Velho - Teresa Cárdenas

Ano: 2010

Páginas: 144

Editora: Pallas Editora

Sinopse: Por toda a vida, Cachorro Velho foi escravo no engenho de açúcar do patrão. Seu corpo está velho e cansado, sua mente se perde frequentemente em recordações. Às vezes ele até imagina a própria morte, ou pelo menos o que significa estar longe, muito longe. Então, a velha escrava Beira lhe propõe ajudar Aísa, uma menina de dez anos, a fugir.

 

Cachorro Velho é um escravo cubano que desde sempre lhe foi negado o básico: a convivência com a mãe, a liberdade e até mesmo um nome.

 

Nesse livro, a Teresa Cárdenas aborda o tema escravidão pelo olhar de um homem idoso e que já viu muito da vida da porteira para dentro da fazenda onde é escravizado. Cachorro Velho observa seu presente, sempre se perdendo nas lembranças do passado e com um futuro incerto.

Desde criança foi obrigado a trabalhar, primeiro alimentando os animais pequenos, depois foi para o trabalho pesado e agora ancião, tem o dever de ficar na porteira. Ele vive cada dia de uma vez, até quando se vê em um dilema quando a velha Beira decide ajudar Aísa, uma criança que fugiu de uma fazenda próxima e quer fugir para o quilombo. Cachorro Velho sabe que precisa se manter longe disso, mas também sabe que precisa fazer o que é certo.

 

Esse é o segundo livro que leio da Teresa Cárdenas, ela tem uma escrita fluida e constante que te faz devorar cada palavra esperando pela próxima. O livro com 144 páginas foi ganhador do Casa de las Américas que é um dos prêmios mais importantes do mundo de fala hispânica.

 

Em muitos momentos do livro eu precisei parar a leitura e tentar entender a fundo aquela situação retratada. Eu, como mulher negra, em um país que explorou tanto a escravidão e ainda sofre com as marcas disso, acabo me perguntando por quais tipos de violência os parentes que vieram antes de mim sofreram. Eu simplesmente não consigo entender como alguém acha que a cor da pele dela é tão importante para poder oprimir um povo e se dizer dono deles. Para tirarem até o último traço de esperança e fazer os outros perderem seus nomes, parentes e liberdade.


O livro é poderoso, rápido e necessário. A Teresa me fez querer descobrir mais sobre a cultura cubana e descobrir outros autores com estilo parecido.

 

E você, já conhecia esse livro ou a autora?

Beijos

50 comentários

  1. Eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas achei a temática bem interessante. Anotado!

    https://www.biigthais.com/

    Beijoos ;*

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece muito interessante mesmo, ainda mais que fala sobre escravidão, que infelizmente, ainda existe por aí. Vou conferir com certeza.

    Beijo.
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  3. Parece um livro bacana e pela sua resenha acho que a história além da cultura do local, vai ser parecida com muitas pessoas até de outros lugares e talvez próximas a nós.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas achei realmente o assunto muito necessário.
    E parece ser triste também :(
    Enfim, ótima resenha!

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  5. totally loved this post! thanks for sharing sweetie <3 can't wait to see more from you!

    hope your well

    JadieeGosh

    ResponderExcluir
  6. Sounds like a true classic and especially a great cultural book as well. Such a unique storyline. So glad to hear you enjoyed it too. Thanks so much for this review!

    ResponderExcluir
  7. It's always great to make a discovery! A few years back I read the book Bohemian Girl which takes place in American history after the Civil War about a girl who was sold to an old Native American (her father lost in a poker game) as much as she goes through to escape him, she ends up having to take care of him in the end. It was quite an oddessy of a book. And its a slice of Americana you don't often read.

    ResponderExcluir
  8. I would love to read this. So loved your review!

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia esse livro, mas um adicionado para a minha lista imensa de leituras.
    A temática me chamou atenção demais.
    bjs www.diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  10. Nossa, parece ser uma boa leitura, mas ainda estou me recuperando de Cartas para Martin e por isso eu vou passar a dica por agora.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia a história mas achei a temática bem interessante.

    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  12. Such a great find! Thanks so much for sharing!

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia ambos e achei interessante demais a sua resenha, como branca busco sempre entender e aprender para não cometer erros. Parece ser incrível e dolorosa essa leitura.

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Desconhecia o livro, mas achei a temática bem interessante, a resenha também me fez lembrar que não tenho o hábito de ler histórias de autores de países latinos, com certeza vou anotar o nome da autora!

    Beijão
    https://deiumjeito.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Não conhecia a obra mas gostei muito do que o livro aborda, mesmo em poucas páginas a leitura parece ser marcante e direta! Adoro as indicações que você traz aqui e com certeza vou salvar essa <3
    Beijoss, Blog Seja Agridoce ♥️♥️♥️

    ResponderExcluir
  16. no conocía esta novela, asi que gracias por presentarnosla, tomo nota.

    ResponderExcluir
  17. Um livro de abordagem profunda e um tema bem importante, representando muito a história triste que vários escravos passaram. Fiquei curiosa, nunca tinha ouvido falar nesse livro.
    Beijos,
    Mundo Perdido da Carol
    Instagram: @carolinsweet
    Fan Page

    ResponderExcluir
  18. Pela resenha achei bem interessante. Deve ser uma boa leitura.
    A Chata de batom

    ResponderExcluir
  19. Não conhecia, mas o tema é muito pesado e acho que não iria conseguir ler não.

    Beijos/Kisses.



    Anete Oliveira

    Blog Coisitas e Coisinhas

    Fanpage

    Instagram

    ResponderExcluir
  20. Adorei a resenha porque não conhecia o livro. Achei sensacional, mesmo sendo pesado demais . bjs bjs https://beperes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Oi Tay, tudo bem?

    Não conhecia o livro, mas pela sua resenha deu para sentir que é uma história intensa e triste. No momento estou dando preferência por histórias mais leves, até porque estou com um ressaca literária enorme, mas esse é o tipo de livro que apesar da carga dramática eu gosto de ler.

    Beijos;*
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  22. Oi Tay, tudo bem?
    Que indicação poderosa. Imagino o impacto e já vou adicionar esse título aos desejados. Quero ter mais contato com livros focados na perspectiva negra, escritos por pessoas negras.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  23. Eu ainda não conhecia esse livro e nem a autora, mas sua resenha me fez querer conferir a leitura. Eu sou branca, mas a minha família é bem misturada e eu acho isso muito legal, minha mãe, avó e bisa por exemplo, são negras, e de acordo com minha bisavó, nossos ancestrais sofreram muito, tanto que a minha mãe diz que eu como branca, mas filha de negra, também seria escrava se tivesse nascido no Brasil Imperial. Já o meu pai é branco, mas ele teve que passar por cima dos pais dele pra casar com a minha mãe, pois meus avós paternos eram racistas, ou seja, apesar de ser branca e estarmos no século 21, eu infelizmente ainda tenho contato com o racismo (as vezes velado) e com a injustiça racial, o que é horrível em qualquer situação.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  24. It really sounds like a phenomenal story and reading your review only has me more interested in picking it up as soon as I can!
    xoxo
    Lovely
    www.mynameislovely.com

    ResponderExcluir
  25. Olá, Tay.
    Dica anotada aqui porque esse livro parece ser muito importante para mudarmos os pensamentos que estão enraizados na gente. Eu também não consigo entender e tenho vergonha dessas pessoas que se acham melhores por causa da cor da sua pele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  26. Ainda não conhecíamos esse livro e achamos que ele deve ser super interessante pelo o conteúdo que ele trata.

    Beijos


    http://onlyinspirations.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. Woahh what a story! Interesting read for sure.

    www.fashionradi.com

    ResponderExcluir
  28. This sounds very interesting. Thank you for sharing.

    New Post - https://www.exclusivebeautydiary.com/2020/10/madison-look-up-makeup-mirror.html

    ResponderExcluir
  29. Não conhecia a obra nem a autora, mas vou levar a sugestão!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  30. Oi Tay,
    Não conhecia nem o livro, nem a autora.
    Que carga dramática, hein? Imagino que seja uma leitura densa e impactante. Uma ótima dica!
    beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  31. No conocía esta autora, gracias a tu reseña ya conozco un poco más.
    Besos.

    ResponderExcluir
  32. Oi, Tay. Tudo bem?
    Eu não conhecia essa autora e vi que é seu segundo livro dela, fiquei interessada até por ser um livro meio denso. A escravidão vista pelos olhos de um idoso num livro que pelo jeito é até curto, achei bem interessante.

    Beijos, Vanessa
    Leia Pop

    ResponderExcluir
  33. Oie Tay!
    Eu não li nada da autora , mas achei interessante ser uma literatura cubana, o enredo e a forma que ela escreve que te encantou, te fez sentir e viver. Achei muito interessante a partir da sua resenha!


    Bjs!
    Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
  34. Que interessante. Confesso que nunca tinha ouvido falar do livro, mas achei legal esse lado de ser uma visão masculina mais velha. Deve ser bem tocante, principalmente por causa do tema.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  35. Oi
    não conhecia, mas pelo que falou é uma história forte e revoltante de se conferir, que bom que gostou.


    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  36. Olá!
    Como você está? Espero que esteja bem.
    Obrigada pela dica de livro, eu venho procurando mais livros com a temática de nossas ancestralidades e com certeza vou anotar esse, parecer ser o tipo de livro que eu preciso ler, mesmo que doa um pouco.
    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir
  37. Não tinha conhecimento desse livro, mas parece ser bastante interessante.
    Já entrou na minha lista.
    Ótima resenha, amei a dica.

    Beijinhos
    Renata

    ResponderExcluir
  38. Oi, Tay. :) Não conhecia essa autora ainda. Essas leituras que fazem a gente refletir sobre nossos antepassados e tudo na vida, sempre valem a pena. É muito triste ver o que aconteceu e as marcas que tudo isso deixou. É bom ler histórias assim e ver o que podemos mudar. ♥

    Beijos, Carol
    www.pequenajornalista.com

    ResponderExcluir
  39. Ei, tudo bem? Além de ser um livro pequeno, a história parece muito interessante, é um livro que como você mesmo disse, é necessário, eu vou anotar a dica, parece ser uma história que mexe com os nossos sentimentos, mas ainda assim é sublime a importância da situação narrada na história. Beijocas!


    https://resenhabookshouse.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir
  40. Não conhecia mais achei interessante o tema abordado.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  41. Uau, nem preciso dizer que fiquei doida para ler esse livro depois da sua resenha, né? <3

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  42. Temos de procurar entender através da história do pensamento humano, resumindo não eram povos evoluidos que faziam isso!!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
  43. Interesting post. Thank you for sharing.

    New Post - https://www.exclusivebeautydiary.com/2020/10/lumene-herkka-soothing-toner-gentle-eye.html

    ResponderExcluir
  44. Oi Tay,

    Eu particularmente gosto bastante de livros com esse tema, apesar de não ler tanto.
    Acho que eles trazem reflexões muito importantes, ainda mais na sociedade de hoje.
    Dica anotada.

    Bjs
    https://diarioelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  45. Eu não conhecia, interessante e necessário mesmo.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  46. Oi, Tay!
    O que mais me chamou a atenção não foi nem a sinopse em si, mas a capacidade da autora em criar uma história tão rica em detalhes em pouquíssimas páginas! Vou salvar a indicação :D


    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
  47. Oi Tay, tudo bem?
    Esse livro parece te ruma mensagem poderosa, que precisa ser relembrada sempre, para que as barbáries contra os negros não sejam esquecidas. Dica mais do que anotada.
    Abraços,
    Ava
    https://apenasava.com/

    ResponderExcluir

Hello friend!
Eu sou a Tay Ribeiro, tenho 24 anos e moro no interior do Goiás. Viciada em vídeos de gatos fofos e em fazer listas. Aqui você encontra todas as coisas que eu mais gosto no mundo. more

Instagram

Dearly Tay / Theme by BD.