Livros Lidos em Novembro

Hey gente, tudo bem com vocês?


Mês passado eu havia comentado que minhas leituras estavam bem paradas e que não estava conseguindo ler.  E esse mês foi completamente diferente.


Eu entrei em uma booktona da Taylor Swift em que deveríamos ler quatro livros que se encaixam em uma categoria.  E desses quatro livros, um fazia parte de uma série e já li os próximos livros em sequência.


Eu gostei muito das leituras desse mês, e mesmo sempre achando detalhes pra desgostar, eu gostei. Me senti muito bem por encontrar esses livros quando estava precisando de uma leitura, vamos ver quais foram os livros lidos?


 


Um de Nós é o Próximo (Um de Nós Está Mentindo # 2) - Karen M. McManus

 

Em Um de nós é o próximo – a eletrizante sequência do best-seller Um de nós está mentindo – há um novo mistério a ser solucionado no Colégio Bayview. Vários aplicativos de fofoca surgiram depois que Simon Kelleher morreu. Mas desde que os quatro estudantes de Bayview foram inocentados de sua morte, nada foi capaz de preencher o vazio de fofocas como ele conseguia. O problema é: ninguém mais tem os fatos.Até agora.Desta vez, não é um aplicativo: é um jogo.E quando o jogo de Verdade ou Consequência se torna mortal, qual lado você escolhe? Escolha consequência e receba um desafio para cumprir em vinte e quatro horas. Escolha verdade e... Bem, é melhor você ficar com a consequência.Phoebe Lawton é o primeiro alvo. Caso escolha não jogar, uma verdade sobre a sua vida será revelada... E a dela é infame. Então, é a vez de Maeve Rojas, e parece que ela não aprendeu nada com os erros da primeira jogadora.Quando chega a vez de Knox, as coisas se tornam perigosas. Agora, os desafios se tornaram arriscados demais, e se tem algo que Maeve aprendeu com a irmã no ano passado é que eles não podem contar com a polícia.No entanto, eles precisam descobrir – e logo – quem está por trás do jogo, antes que seja tarde demais.Simon pode ter partido, mas há alguém determinado a manter vivo seu legado no Colégio Bayview. E, agora, com novas regras a serem aprendidas o mais rápido possível.

 

Um de Nós é o Próximo é a sequência de Um de Nós Está Mentindo, entretanto, aqui temos o foco em um novo grupo de estudantes que enfrentam um problema similar do grupo anterior, um jogo que solta seus segredos caso você não cumpra o jogo de verdade ou consequência.


Eu estava bem animada com essa leitura, pois comecei assim que terminei de assistir a série, só que foi uma leitura difícil de me conectar. O livro conta com personagens já conhecidos e sabemos o destino dos protagonistas do livro anterior, mas sinto que faltou algo no livro em si.


Em dado momento do livro, a leitura foi de 0 a 100 muito rápido, fiquei super envolvida querendo saber o que estava acontecendo e quem estava por trás de tudo, e eu juro que foi um bom desfecho, mas nada comparado ao livro anterior.

 

O Velho e o Mar - Ernest Hemingway


Entre os mais vendidos em todo o mundo e no Brasil, O Velho e o Mar conta a história de um pescador que, depois de 84 dias sem apanhar um só peixe, acaba fisgando um de tamanho descomunal, que lhe oferece inusitada resistências e contra cuja força tem de opor a de seus braços, a de seu corpo, e, mais do que tudo, a de seu espírito.

Um homem só, no mar alto, com seus sonhos e pensamentos, suas fundas tristezas e ingênuas alegrias, amando com certa ternura o peixe com que trava ingente luta até levá-lo a uma derrota leal e honesta.

Uma obra-prima da literatura contemporânea, dotada de profunda mensagem de fé no homem e em sua capacidade de superar as limitações a que a vida o submete.

 

Eu vi a resenha do livro em algum blog e pareceu um sinal que eu devia ler esse livro. Eu sempre tive curiosidade pela escrita do Hemingway, mas nunca me pareceu adequado começar a ler.


O velho e o mar começa nos apresentando ao velho Santiago e ao menino Manolim, a história vai traçando a cumplicidade entre os dois e em como Manolim enxerga as fragilidades de Santiago. Só que a história vai para o rumo em que Santiago está sozinho no seu barco no mar, com um peixe enorme e então começa toda sua divagação sobre diversos pensamentos e sua persistência em levar o peixe para casa, custe o que custar.


O livro é bem parado em diversos momentos e eu me vi divagando entre a leitura, entretanto, encontrei reflexões tão pertinentes que me fizeram pensar sobre fé, resiliência, conhecer a si mesmo e seus limites.

 

Foi uma ótima leitura no geral.

 

 

Garota, 11 - Amy Suiter Clarke


Uma apresentadora de podcast obcecada por um crime não resolvido. Um serial-killer que volta a matar garotas, vinte anos depois de ter desaparecido. A caçada começa agora.

 Elle Castillo é a apresentadora de um podcast popular sobre crimes reais. Depois de quatro temporadas de sucesso, ela decide encarar um caso pelo qual sempre foi obcecada ― o do Assassino da Contagem Regressiva, um serial-killer que aterrorizou a comunidade vinte anos atrás. Suas vítimas eram sempre meninas, cada qual um ano mais jovem que a anterior. Depois que ele levou sua última vítima, os assassinatos pararam abruptamente. Ninguém nunca soube o motivo.

Enquanto a mídia e a polícia concluíram há muito tempo que o assassino havia se suicidado, Elle nunca acreditou que ele estava morto. Ao seguir uma pista inesperada, no entanto, novas vítimas começam a aparecer. Agora, tudo indica que ele está de volta, e Elle está decidida a parar sua contagem regressiva.

 

Esse livro foi o primeiro da booktona e eu li super rápido. Nele, temos um serial killer que voltou a ativa depois de muito tempo e uma apresentadora de podcast que está obstinada em encontrá-lo.


O livro tem o formato de podcast em alguns capítulos e isso chama muito atenção durante a leitura e deixa tudo dinâmico. Durante a leitura, eu suspeitei qual era uma parte do desfecho, mas não a outra e isso foi ótimo para o mistério. A autora conduziu a história com maestria, entretanto, se você comparar com outros livros do gênero pode achar que a história é fraca.


Eu gostei muito da personagem principal, mas tinha vontade de gritar com ela às vezes.


 

As nove vidas de Rose Napolitano - Donna Freitas

 

Rose Napolitano e Luke estão brigando. Ele prometeu, antes do casamento, que não queria ter filhos, mas mudou de ideia. Ela prometeu tomar as vitaminas para engravidar, mas não o fez. De repente, o casamento dos dois passa a depender de uma única resposta: Rose consegue encontrar dentro de si o desejo de ser mãe?

Ao narrar uma escolha de vida decisiva em nove versões diferentes, Donna Freitas nos leva por todos os caminhos que moldam a vida de uma pessoa, refletindo sobre trajetórias que ressignificam o que é ser mulher. Um romance sobre amor, maternidade, traição, divórcio, morte e sobre como o destino pode interferir em nossos planos quando menos esperamos.

 

Segundo livro da booktona, e que livro meus amigos. Rose nunca quis ter filhos e seus pensamentos estavam alinhados ao do marido Luke, só que ele acabou mudando de ideia e arrastando a Rose numa jornada da qual ela nunca quis fazer parte.


Esse livro fala sobre a maternidade compulsória e em como as mulheres sempre serão julgadas por sua escolha. No livro, a Rose transita em diversas vidas das quais fez escolhas diferentes, na que ela escolheu ter filhos, na que escolheu não ter, na vida que teve e gostou, na vida que se apaixonou de verdade, na vida que acolheu alguém como se fosse filha.

 

Eu gostei muito do caminho trilhado pela Rose e tenho uma das vidas como a minha favorita, mesmo que seja errada. A autora acertou muito no tema do livro e em mostrar como a sociedade quer que você tenha filhos para ser completa, mas que te vira as costas sozinha com a responsabilidade por você ter feito essa escolha.

 

 

As Musas - Alex Michaelides


Edward Fosca é um assassino. Disso Mariana tem certeza. Mas Fosca é intocável. Esse belo e carismático professor de tragédia grega na Universidade de Cambridge é adorado tanto pelos funcionários quanto pelos alunos da instituição ― principalmente pelas integrantes de uma sociedade secreta de alunas conhecida como “As Musas”.Mariana Andros é uma brilhante terapeuta de grupo assombrada por tragédias pessoais. Ela fica obcecada pelas Musas quando uma de suas integrantes, Zoe, é encontrada morta a facadas. Mariana, como ex-aluna de Cambridge, logo suspeita que, por trás da beleza do prédio medieval que abriga a instituição secular e suas antigas tradições, repousa algo sinistro. E acaba se convencendo de que, apesar de ter um álibi, Edward Fosca é o responsável pelo assassinato.

Mas por que o professor teria como alvo uma de suas alunas? E por que ele continua retornando aos ritos de Perséfone e sua jornada ao Submundo?Quando outro cadáver é encontrado, a obsessão de Mariana em provar a culpa de Fosca sai do controle, ameaçando destruir sua credibilidade, além de seus relacionamentos mais próximos. Mesmo assim, ela está determinada a deter esse assassino, ainda que lhe custe tudo, inclusive a própria vida.

 

Tenho uma relação de amor e ódio com o Alex Michaelides. No primeiro livro que li dele, achei completamente chato a principio e larguei, depois voltei para ler e simplesmente amei. Em As Musas, minha expectativa foi baixando conforme eu avançava na leitura. Achei a Mariana uma personagem fora da realidade. Sempre tinha convicção e nenhuma prova. O livro enrola muito e eu não gostei do desfecho, não vi chegando.


Basicamente, o começo é chato, o meio do livro dá aquele gás e ficamos viciados e o desfecho parece um pouco feito as presas. Assim que terminei a leitura, eu pensei que amei, depois a sensação foi diminuindo.

 


Os Números do Amor (The Kiss Quotient # 1) - Helen Hoang

 

Já passou da hora de Stella se casar e constituir família — pelo menos é isso que sua mãe acha. Mas se relacionar com o sexo oposto não é nada fácil para ela: talentosa e bem-sucedida, a econometrista é portadora de Asperger, um transtorno do espectro autista caracterizado por dificuldades nas relações sociais. Se para ela a análise de dados é uma tarefa simples, lidar com os embaraços que uma interação cara a cara podem trazer parece uma missão impossível. Diante desse impasse, Stella bola um plano bem inusitado: contratar um acompanhante para ensiná-la a ser uma boa namorada.

Enfrentando uma pilha cada vez maior de contas, Michael Phan usa seu charme e sua aparência para conseguir um dinheiro extra. O acompanhante de luxo tem uma regra que segue à risca: nada de clientes reincidentes. Mas ele se rende à tentação de quebrá-la quando Stella entra em sua vida com uma proposta nada convencional.

Quanto mais tempo passam juntos, mais Michael se encanta com a mente brilhante de Stella. E ela, pela primeira vez, vai se sentir impelida a sair de sua zona de conforto para descobrir a equação do amor.

 

 

The Bride Test (The Kiss Quotient # 2) - Helen Hoang

 

Khai Diep não tem sentimentos. Bem, ele se irrita quando as pessoas movem suas coisas ou fica satisfeito quando os livros-razão se equilibram no último centavo, mas não em emoções grandes e importantes - não em luto. E não amor. Em vez de acreditar que processa as emoções de maneira diferente por ser autista, ele conclui que é defeituoso e evita relacionamentos românticos para proteger as pessoas de sua deficiência emocional, levando sua mãe a resolver o problema com as próprias mãos e conseguir uma noiva por correspondência.

Como uma garota mestiça nascida nas favelas da cidade de Ho Chi Minh, Esme Tran sempre se sentiu deslocada. Quando surge a oportunidade de serem noivas americanas por correspondência, ela aproveita. Seu noivo não quer, mas se ela mudar de ideia, ela finalmente terá uma família que a quer. Se ela não puder, pelo menos ela saberá como é pertencer a um verão glorioso.

Seduzir Khai, no entanto, é um desastre horrível após o outro. Não é até que Esme desista que eles começam a fazer progressos. Ao longo de três casamentos e um funeral, eles se apaixonam. Mas Khai insiste que não é amor, e Esme não acredita em si mesma o suficiente para ver além de suas palavras a verdade. Ambos devem aprender a aceitar e valorizar suas diferenças porque o quarto casamento do verão pode uni-los ou separá-los para sempre.

 

 

The Heart Principle (The Kiss Quotient # 3) - Helen Hoang


Quando a violinista Anna Sun acidentalmente obtém sucesso profissional com um vídeo viral no YouTube, ela se vê incapacitada e exaurida por suas tentativas de reproduzir aquele momento. E quando seu namorado de longa data anuncia que deseja um relacionamento aberto antes de fazer um compromisso final, uma Anna magoada e irritada decide que se ele deseja um relacionamento aberto, então ela também deseja. Tradução: ela vai embarcar em uma série de casos de uma noite. Quanto mais inaceitáveis ​​os homens, melhor.

É aí que entra Quan Diep tatuado e motociclista. A primeira tentativa de um caso de uma noite falha, assim como a segunda e a terceira, porque estar com Quan é mais do que sexo - ele aceita Anna em um nível incondicional que ela acaba de começar a se entender. No entanto, quando a tragédia atinge a família de Anna, ela assume um papel para o qual é inadequada, até que o peso das expectativas ameace destruí-la. Anna e Quan têm que lutar por sua chance de amar, mas para isso, eles também têm que lutar por si mesmos.

 

A série de The Kiss Quotient foi um grande achado do ano. Eu simplesmente amei todos os livros e em todos temos personagens no espectro.


Ainda não havia lido livros com personagens com essas questões, e achei tudo muito bom. No primeiro livro, temos uma personagem sem experiência com interações amorosas que sejam boas para ela e que procura um garoto de programa para ajudar nessa questão.


No livro dois, temos um o Khai que acredita que não possui sentimentos por ninguém até sua mãe trazer uma noiva por encomenda para ele e no livro três, temos a história do Quan (o amor da minha vida) e da Anna Sun que está passando por problemas para tocar o violino após ter um vídeo viralizado.

 

A Helen Hoang trás histórias clichês, mas irresistíveis. Eu estava esperando um romance bem leve e calmo, mas fui pega totalmente de surpresa com um livro bem explícito, e eu não costumo ler o gênero, mas a Hoang fez tudo ser parte do desenvolvimento dos personagens que não ficou algo forçado nem apelativo. Outra coisa que amei nas histórias, foram que eram protagonistas não-brancos. Já quero outros livros da autora.

 



Quebre os seus sapatinhos de cristal - Amanda Lovelace


Nesse primeiro volume, ela dá uma nova e moderna interpretação à versão tradicional da história da Cinderela e fala de como não devemos dar ouvidos àqueles que não veem o nosso valor, mesmo que, às vezes, essa pessoa sejamos nós mesmas. Os poemas deste livro abordam temas contemporâneos como autoaceitação, relacionamentos tóxicos, assédio sexual, transtornos alimentares, mas falam principalmente de dar a volta por cima e de perceber que somos a personagem mais importante da nossa história e podemos construir o nosso próprio final feliz.

 Com seus versos simples e diretos, que já arrebataram milhares de fãs em todo o mundo, Amanda Lovelace se dirige às mulheres, questionando e transformando papéis que fazem parte do imaginário feminino há muitas gerações, como o do príncipe encantado, com o qual viveremos felizes para sempre, e o da fada madrinha, que nos concederá todos os nossos desejos.

 

Faça sua coroa de gelo brilhar - Amanda Lovelace


Nesse segundo volume, ela usa o universo simbólicos desses contos para falar do gelo que, às vezes, precisamos construir ao redor de nós mesmas e das irmandades que nos dão força e não nos deixam desistir. É uma história de como não deixar a sociedade limitar o seu potencial e de como tomar o poder sobre a sua própria vida nas mãos. Os poemas deste livro abordam temas contemporâneos como autoaceitação, relacionamentos tóxicos, assédio sexual, transtornos alimentares, automutilação e suicídio, mas falam principalmente de dar a volta por cima e de perceber que você não precisa de um rei para ser rainha.

 

Nessa nova série da Amanda Lovelace chamada de 'Você é o seu próprio conto de fadas', a autora trás diversas poesias sobre ser sua própria heroína, apoiar outras mulheres e lutar suas próprias batalhas. Ambos os livros seguem o mesmo estilo dos anteriores e contém ilustrações lindas.

 

Eu não me conectei tanto com a maioria das poesias, mas são ótimos para ler um por dia.

 

A Festa de Babette - Karen Blixen


A festa de Babette, um dos contos mais célebres de Karen Blixen, narra a história de duas senhoras puritanas, filhas de um pastor protestante, que vivem na costa da Noruega após a morte do pai. Até que recebem a visita de Babette, uma misteriosa francesa que, fugindo de Paris, lhes pede abrigo em troca de serviços domésticos. Babette é aceita no novo lar pois traz consigo uma carta de recomendação de Papin, velho amigo das senhoras que havia sido apaixonado por uma delas no passado. Um dia, Babette tira a sorte e ganha o bilhete premiado na loteria. É a possibilidade de retribuir o bem às irmãs, e ela o faz preparando um grande jantar para a comunidade local, com os mais refinados ingredientes, em homenagem ao pai de suas anfitriãs. Grandes mudanças na vida simples do vilarejo se apresentam a partir desse jantar.

 

Eu me lembro de uma vez a Paola Carosella citar essa história em um episódio de Masterchef, mas ela se referia ao filme. Desde então, eu deixei o nome na cabeça, mas não pensei mais sobre, e esse mês eu achei o livro no Kindle e decidi dar uma chance.

 

A Festa de Babette conta a história de duas senhoras que levam uma vida humilde e numa noite, recebem a visita inesperada de uma mulher misteriosa que está fugindo e que quer abrigo, em troca, ela irá oferecer seus serviços domésticos. A história segue de forma lenta deixando claro que todos na cidade acabam se afeiçoando aquela francesa até que um dia Babette ganha na loteria. As irmãos dona da casa, logo ficam pensando que Babette deixará a casa e voltará a França, mas Babette decidi oferecer um jantar para a comunidade que a acolheu.

 

O livro é uma história simples e rápida que não se aprofunda muito na história dos personagens, mas que deixa uma reflexão final. Chegar até Deus, não se dá apenas por meio de ser simples e abdicar dos prazeres humanos, e também mostra que a arte e o artista nunca são pobres se eles se sentem realizados.

 

As Coisas que Perdemos no Fogo - Mariana Enriquez


Macabro, perturbador e emocionante, As coisas que perdemos no fogo reúne contos que usam o medo e o terror para explorar várias dimensões da vida contemporânea. Em um primeiro olhar, as doze narrativas do livro parecem surreais. No entanto, depois de poucas frases, elas se mostram estranhamente familiares: é o cotidiano transformado em pesadelo.

Personagens e lugares aparentemente comuns ocultam um universo insólito: um menino assassino, uma garota que arranca as unhas e os cílios na sala de aula, adolescentes que fazem pactos sombrios, amigos que parecem destinados à morte, mulheres que ateiam fogo em si mesmas como forma de protesto, casas abandonadas, magia negra, mitos e superstições.

Uma das escritoras mais corajosas e surpreendentes do século XXI, Mariana Enriquez dá voz à geração nascida durante a ditadura militar na Argentina. Neste livro, ela cria um universo povoado por pessoas comuns e seres socialmente invisíveis, cujas existências sucumbem ao peso da culpa, da compaixão, da crueldade e da simples convivência. O resultado é uma obra ao mesmo tempo estranha e familiar, que questiona de forma penetrante e indelével o mundo em que vivemos.

 

Esse livro foi a minha primeira experiência com a Mariana Enriquez, e eu estou impressionada com ela. Em As Coisas que Perdemos no Fogo, temos um compilado de contos que trazem histórias do cotidiano mesclado ao sobrenatural. Algo que me chamou muito a atenção foi o fato da autora terminar os contos de uma forma não clara, então o leitor que tira suas próprias conclusões sobre o desfecho.

 

Estou ainda processando essa leitura, mas com certeza leria outras coisas da autora.


Eu nunca achei que iria ler esse livro esse mês, e mesmo parecendo que não aproveitei as leituras, eu gostei muito de todas.


E você, o que leu em novembro?

Beijos

26 comentários

  1. Que bom esses livros, são livros com títulos interessantes, ainda não li nesse mês, preciso mudar isso, bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, quantos.
    Eu tenho vontade de ler os números do amor.
    Esse dois de um de nós está mentindo eu comprei os dois total por 25 na black friday para presentear uma amiga, mas nunca li.
    Beijos!
    www.pamlepletier.com

    ResponderExcluir
  3. Quero ler esse livro recomendado pela Paola. Eu lembro quando ela mencionou esse livro.

    Boa semana!


    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  4. Olá, Tay.
    O mês rendeu para nós duas hehe. Li bastante coisa esse mês. Dos que você leu eu quero ler As Musas, Garota, 11 e As Nove vidas de Rose Napolitano. Eu li Os números do amor e amei, pena que não lançaram os outros por aqui.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi Tay,
    Você leu bastante mesmo, já eu estou numa ressaca literária há meses.
    Já li Um De Nós Está Mentindo, futuramente quero ler o livro #2 e conferir a série baseada nele. E Garota,11 está na minha lista de leituras.
    Gostei de conhecer o livro As Nove Vidas de Rose Napolitano, ainda não tinha lido nada sobre ele. Assim como a Série Você é Seu Próprio Conto de Fadas.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  6. Tem aí títulos bem interessantes mas destaco "O Velho e o Mar". Está na minha lista
    Beijo
    Coisas de Feltro

    ResponderExcluir
  7. Uau, você leu muitos livros. Faz tempo que não me interesso pelos livros e preciso mudar isso.
    Achei o Garota, 11 bem interessante e daria uma chance para ele.
    Bjus!

    www.galerafashion.com

    ResponderExcluir
  8. Uy hay muy buenos libros llevo anotado las musas. Te mando un beso

    ResponderExcluir
  9. Girl, 11 sounds interesting! Like that it is in a podcast format.
    xoxo
    Lovely
    www.mynameislovely.com

    ResponderExcluir
  10. fiquei curiosa com o livro de as nove vidas
    http://retromaggie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi Tay,

    O mês rendeu bastante.
    Esses livros da Helen estão na minha listinha já e pretendo ler logo.
    As Musas é outro que estou querendo ler, pois o livro anterior do autor eu gostei bastante.
    Adorei seu resumo.

    Bjs
    https://diariodoslivrosblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Wow! That's a lot of books! Some very interesting ones. I am familiar with the Bride test.

    ResponderExcluir
  13. Oh, so good to see you reading so much! Love it! Thanks for your recommendations!

    ResponderExcluir
  14. Beautiful! Thanks for the book list! Great post!

    ResponderExcluir
  15. Wonderful list. New. Old. Modern. Such a variety you read!

    ResponderExcluir
  16. Wow, quantos livros heim!
    Arrasou, parabéns :)
    Eu li acho que apenas um livro durante o ano todo kkkkkk

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Amei ver que conseguiu ler bastante em novembro, achei livros ótimos.
    Ainda não fiz essas leituras e o meu ritmo de leitura ficou bem lento nesse final do ano mas, ano que vem volto com o ritmo normal.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Fiquei curiosa com alguns títulos, vou levar as sugestões!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  19. Fiquei curiosa em ler Um de Nós é o Próximo. Sempre com boas dicas de leitura.
    big beijos
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  20. Olá,
    Nossa quantos a Helen já lançou depois do primeiro! Espero que a editora traga. To com o primeiro emprestado aqui e preciso ler. Parece fofo.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  21. Quanta leitura, hein! Dos mencionados só li "O Velho e o Mar" que é obra-prima, como quase tudo do nosso maravilhoso Hemingway!

    https://clebereldridge91.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. Oii tay, o mês passado não li nada, estava muito desanimada ese mês já quero ler alguns livros com calma rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Nossa, você leu bastante coisa menina, até compensou o outro mês, haha.
    Mas que bom que foram boas leituras, num geral. Quase me arrisquei a comprar os livros de Um de nós está mentindo e As musas, mas ainda estou com o pé atrás, por estarem falando muito deles ainda.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir

Hello friend!
Eu sou a Tay Ribeiro, tenho 26 anos e moro no interior do Goiás. Viciada em vídeos de gatos fofos e em fazer listas. Aqui você encontra todas as coisas que eu mais gosto no mundo. more

Instagram

Dearly Tay / Theme by BD.